Gran Canaria
GranCanaria.com El Tiempo Hoy Home

Cultura

 

A cestaria

Os autóctones canários conheciam a técnica de elaboração de cestas e cestos para usos muito variados. A relação que a sua técnica possa ter com a cestaria canária actual é praticamente desconhecida.

Em Gran Canaria, onde a agricultura desempenhou um papel importante no equilíbrio das economias tradicionais, a cestaria teve um lugar de destaque.

Graças a simples plantas que se encontram nas proximidades de áreas com água, tais como a cana, o bambu e vime, foi criada uma indústria artesanal que satisfazia as necessidades impostas pelo meio. A fibra central da folha de palmeira é a principal matéria prima usada no fabrico de cestas e cestos.

Tradicionalmente, a cestaria em Gran Canaria destinava-se ao trabalho agrícola e ao uso doméstico. Este trabalho artesanal destaca-se, sobretudo, nas esteiras, cestos e chapéus de abas de verdadeira qualidade.

Os municípios que tradicionalmente se dedicaram a este ofício são Santa Lucía, San Bartolomé de Tirajana, Mogán, La Aldea de San Nicolás, Teror, San Mateo, embora, practicamente, em todas as aldeias da ilha tenha havido um artesão que se dedicava a esta arte.

Patronato de Turismo de Gran Canaria. Todos los derechos reservados.
Marco Legal