Gran Canaria
GranCanaria.com El Tiempo Hoy Home

A Ilha

 

Descobre Las Palmas de Gran Canaria

Las Palmas de Gran Canaria fica situada a 20 Kms do Aeroporto Internacional de Gran Canaria. Este percurso realiza-se em 20 minutos através da auto-estrada GC-1.

Também se pode chegar à cidade pelo mar. O Porto de La Luz e Las Palmas além das conexões diárias com o resto das ilhas do arquipélago e com Cádiz uma vez por semana,  é motivo de cruzeiros turísticos, cuja temporada começa em Outubro e costuma terminar em Junho.

A cidade tem duas estações de ónibus no parque São Telmo e no Parque Santa Catalina com serviços que ligam não só todos os bairros da cidade, mas também todos os municípios da ilha.

Caminhar pelas ruas de Vegueta supõe fazer um exercício de história que permite ao visitante deter-se em alguns dos capítulos mais intensos da cidade. A ermida de Santo António Abad, a Praça Santa Ana, onde se situam as Casas Consistoriais, o Bispado, a Casa Regental e a Catedral de Santa Ana  são só alguns dos vestígios da história que permaneceram estes cinco séculos.

Vegueta acolhe museus como a Casa de Colón, onde se podem conhecer de perto os aspectos mais interessantes da viagem de Cristóvão Colombo à América, e a sua permanência na cidade, e o Museu Canário  onde se pode aprofundar nos vestígios históricos dos antigos povoadores da ilha de Gran Canaria. Também o Museu de Arte Sacra oferece aos visitantes uma exposição de diversas peças de devoção religiosa. Além disso como memorável contraste ao espírito do bairro, Vegueta acolhe o Centro Atlântico de Arte Moderna, cuja trajectória o situa como uma das salas mais vanguardistas e interessantes do panorama artístico nacional.

As exposições de arquitectura tradicional, os pátios das casas, cheios de plantas, as praças pedonais como as do Pilar Nuevo, Santo Domingo e a do Espírito Santo, presidida por uma bonita fonte de cantaria, as varandas de madeira, as ruas empedradas, são a melhor desculpa para abandonar por umas horas a praia.

Antes de deixar o bairro de Vegueta pode-se visitar o Teatro Guiniguada ou dar um passeio pelo mercado que data de 1854.

Depois da sua fundação, a cidade estendeu-se pela outra margem do Barranco Guiniguada, surgindo o bairro de Triana, de origem comercial e marítima. Aqui, o visitante pode usufruir dum agradável passeio pela rua Mayor de Triana que dá o nome à zona e reúne alguns edifícios de grande valor histórico e artístico. No Parque de San Telmo encontram-se uma Ermida e  dois quiosques de estilo modernista um deles dedicado à música.

O Teatro Pérez Galdós, de inspiração italiana, é um dos edifícios emblemáticos da cidade. Um dos lugares de encontro no bairro de Triana é a Praça Hurtado de Mendoza e a Praça de Cairasco, na qual se situam dois edifícios destacados: o Hotel Madrid, e o Gabinete Literário, de estilo neoclássico e decoração modernista.

Nesta mesma praça é possível descansar e usufruir dum ambiente relaxado em alguma das suas esplanadas. No ambiente de Triana, encontra-se outro dos elementos arquitectónicos mais interessantes de Las Palmas de Gran Canaria, o Edifício Quegles, de 1900. Por último, neste bairro situa-se a Casa Museu de Pérez Galdós, que contém um arquivo documental sobre a investigação biográfica e literária do romancista, nascido nesta mesma casa.

No centro da cidade, muito perto da Praia de Las Alcaravaneras encontramos o Parque Doramas. Os seus jardins, recentemente recuperados e reformados, albergam exemplares de flores autóctones e no seu recinto encontra-se o conjunto do Povo Canário, exposição da arquitectura tradicional canária onde se situa o Museu Néstor dedicado à figura de Nestor Fernández de la Torre pintor modernista e um dos artistas mais significativos do arquipélago. O histórico Hotel Santa Catalina, de arquitectura colonial inaugurado em 1890, completa este conjunto no centro da cidade.

A Marina Desportiva, é a de maior capacidade de atraque de Canárias, está situado na Avenida Marítima em frente ao Hotel de Santa Catalina. A partir daqui sai uma das regatas transatlânticas mais conhecidas na Europa, a Atlantic Rally for Cruisers, ARC, que une por mar a Gran Canaria e Santa Lucía em El Caribe.

Na zona portuária da cidade encontra-se um dos parques mais emblemáticos da cidade: o Parque Santa Catalina, exemplo da vida à beira da rua. Nele situam-se o Museu da Ciência e o Edifício Miller, que acolhe actividades culturais. O Parque Santa Catalina é além disso centro neurálgico dos actos de Carnaval e do Festival de Teatro e Dança que se celebra nos meses de Verão.

A comandar a praia de Las Canteras, num dos seus extremos, localiza-se o Auditório Alfredo Kraus, cenário dos principais concertos musicais, assim como de congressos internacionais.

Para usufruir da beleza paisagística do município, o visitante pode deslocar-se à zona residencial de Tafira, onde é possível admirar a arquitectura canária. Nesta zona situa-se o Jardim Botânico Viera e Clavijo, que aglutina os principais endemismos botânicos do Arquipélago.

Mas um dos passeios mais espectaculares e agradáveis trata-se da visita à Caldeira de Bandama, cratera dum vulcão adormecido - cujo diâmetro é de 1 Quilómetro e 200 metros de profundidade – do interior saiu a lava que formou o pico de Bandama e desde o qual se pode observar uma panorâmica privilegiada.

As praias

Las Palmas de Gran Canaria è una delle poche capitali spagnole che dispongono di chilometri di spiaggia. A ciò, si unisce l’eccezionalità climatica dell’isola che consente di frequentarle per tutto l’anno.Las Palmas de Gran Canaria é uma das poucas cidades-capitais de Espanha que contam com Quilómetros de praia. Além disso unem-se as excelentes condições climatéricas da Ilha, que permitem o seu uso ao longo de todo o ano.

A principal e mais turística é a praia de Las Canteras: três Quilómetros de areia dourada junto com outros tantos Quilómetros de passeio, no qual se oferece todo o tipo de serviços: hotéis, restaurantes, bares e esplanadas. Ao pôr-do-sol a praia converte-se no melhor lugar de encontro para aqueles que queiram praticar desportos ou dar um relaxante passeio.

A Baía de El Confital abre-se aos pés das montanhas como prolongação do mar. Neste lugar o sol era aproveitado para evaporar os charcos nos quais assentavam umas salinas. Na sua costa aparece a melhor onda direita da Europa para a prática de surf.

A Praia de Las Alcaravaneras está situada no centro da cidade junto à Marina Desportiva. Com cerca de 1.000 metros de areia dourada, está protegida pelos dois clubes náuticos da cidade. Ao abrigo dos cais do Puerto de La Luz, esta praia é o lugar adequado para a prática de desportos náuticos, sobretudo, vela.

Por último, a Praia de La Laja encontra-se situada na saída da cidade para o sul da ilha. É uma praia de areia preta que conta com um agradável passeio marítimo e um dique de protecção contra a ondulação. É uma zona que reúne condições excelentes para a prática de surf e pesca.

De compras

Las Palmas de Gran Canaria tem 4 grandes centros comerciais: Las Arenas, la Ballena, 7 Palmas e El Muelle, além das zonas comerciais de Triana e Mesa e López onde existem estabelecimentos comerciais e centros de lazer e serviços que abrem as suas portas para que se possa eleger entre uma ampla oferta de produtos e preços. Além disso na zona de Santa Catalina destaca-se o pequeno comércio especializado em  imagem e som.

Além disso se se quiser adquirir produtos tradicionais e da terra a cidade tem 4 mercados situados em Vegueta, no Porto, em Alcaravaneras e em Altavista. Aqueles que prefiram o artesanato  podem ir ao mercado que se celebra aos domingos em Vegueta, ao conjunto do Povo Canário ou à tenda da FEDAC em Triana.

Outra das opções é o mercado de antiguidades que se celebra no primeiro domingo de cada mês no Parque Santa Catalina.

Gastronomia

En Las Palmas de Gran Canaria é possível saborear uma grande oferta de pratos típicos que fazem parte da gastronomia canária, desde o sancocho, formado por um peixe chamado cherne, até diversos pratos de carne, a eleger entre carajacas acompanhadas de batatas enrugadas com molho, carne de porco, coelho em adubado, perna de porco, roupa velha ou carne de cabra.

Não vá da cidade sem ter provado algum destes pratos típicos nem tão-pouco sem saborear a sua pastelaria e doçaria, provenientes das vilas do interior da Ilha como é o caso dos suspiros de Moya, o bienmesabe de Tejeda ou os apetitosos doces que elaboram as freiras do Císter de Teror.

Em Las Palmas de Gran Canaria também é muito habitual o ‘taperío’, que são os populares aperitivos. As zonas de Vegueta, Triana, el Puerto ou Tafira são habituais para saborear algumas tapas ao ar livre acompanhadas de vinho da terra, em pequenas esplanadas.

Descobre Las Palmas de Gran Canaria

 

Caminhar pelas ruas de Vegueta supõe fazer um exercício de história que permite ao visitante deter-se em alguns dos capítulos mais intensos da cidade. A ermida de Santo António Abad, a Praça Santa Ana, onde se situam as Casas Consistoriais, o Bispado, a Casa Regental e a Catedral de Santa Ana  são só alguns dos vestígios da história que permaneceram estes cinco séculos.

Vegueta acolhe museus como a Casa de Colón, onde se podem conhecer de perto os aspectos mais interessantes da viagem de Cristóvão Colombo à América, e a sua permanência na cidade, e o Museu Canário  onde se pode aprofundar nos vestígios históricos dos antigos povoadores da ilha de Gran Canaria. Também o Museu de Arte Sacra oferece aos visitantes uma exposição de diversas peças de devoção religiosa. Além disso como memorável contraste ao espírito do bairro, Vegueta acolhe o Centro Atlântico de Arte Moderna, cuja trajectória o situa como uma das salas mais vanguardistas e interessantes do panorama artístico nacional.

As exposições de arquitectura tradicional, os pátios das casas, cheios de plantas, as praças pedonais como as do Pilar Nuevo, Santo Domingo e a do Espírito Santo, presidida por uma bonita fonte de cantaria, as varandas de madeira, as ruas empedradas, são a melhor desculpa para abandonar por umas horas a praia.

Antes de deixar o bairro de Vegueta pode-se visitar o Teatro Guiniguada ou dar um passeio pelo mercado que data de 1854.

Depois da sua fundação, a cidade estendeu-se pela outra margem do Barranco Guiniguada, surgindo o bairro de Triana, de origem comercial e marítima. Aqui, o visitante pode usufruir dum agradável passeio pela rua Mayor de Triana que dá o nome à zona e reúne alguns edifícios de grande valor histórico e artístico. No Parque de San Telmo encontram-se uma Ermida e  dois quiosques de estilo modernista um deles dedicado à música.

O Teatro Pérez Galdós, de inspiração italiana, é um dos edifícios emblemáticos da cidade. Um dos lugares de encontro no bairro de Triana é a Praça Hurtado de Mendoza e a Praça de Cairasco, na qual se situam dois edifícios destacados: o Hotel Madrid, e o Gabinete Literário, de estilo neoclássico e decoração modernista.

Nesta mesma praça é possível descansar e usufruir dum ambiente relaxado em alguma das suas esplanadas. No ambiente de Triana, encontra-se outro dos elementos arquitectónicos mais interessantes de Las Palmas de Gran Canaria, o Edifício Quegles, de 1900. Por último, neste bairro situa-se a Casa Museu de Pérez Galdós (fechado temporalmente), que contém um arquivo documental sobre a investigação biográfica e literária do romancista, nascido nesta mesma casa.

No centro da cidade, muito perto da Praia de Las Alcaravaneras encontramos o Parque Doramas. Os seus jardins, recentemente recuperados e reformados, albergam exemplares de flores autóctones e no seu recinto encontra-se o conjunto do Povo Canário, exposição da arquitectura tradicional canária onde se situa o Museu Néstor dedicado à figura de Nestor Fernández de la Torre pintor modernista e um dos artistas mais significativos do arquipélago. O histórico Hotel Santa Catalina, de arquitectura colonial inaugurado em 1890, completa este conjunto no centro da cidade.

A Marina Desportiva, é a de maior capacidade de atraque de Canárias, está situado na Avenida Marítima em frente ao Hotel de Santa Catalina. A partir daqui sai uma das regatas transatlânticas mais conhecidas na Europa, a Atlantic Rally for Cruisers, ARC, que une por mar a Gran Canaria e Santa Lucía em El Caribe.

Na zona portuária da cidade encontra-se um dos parques mais emblemáticos da cidade: o Parque Santa Catalina, exemplo da vida à beira da rua. Nele situam-se o Museu da Ciência e o Edifício Miller, que acolhe actividades culturais. O Parque Santa Catalina é além disso centro neurálgico dos actos de Carnaval e do Festival de Teatro e Dança que se celebra nos meses de Verão.

A comandar a praia de Las Canteras, num dos seus extremos, localiza-se o Auditório Alfredo Kraus, cenário dos principais concertos musicais, assim como de congressos internacionais.

Para usufruir da beleza paisagística do município, o visitante pode deslocar-se à zona residencial de Tafira, onde é possível admirar a arquitectura canária. Nesta zona situa-se o Jardim Botânico Viera e Clavijo, que aglutina os principais endemismos botânicos do Arquipélago.

Mas um dos passeios mais espectaculares e agradáveis trata-se da visita à Caldeira de Bandama, cratera dum vulcão adormecido - cujo diâmetro é de 1 Quilómetro e 200 metros de profundidade – do interior saiu a lava que formou o pico de Bandama e desde o qual se pode observar uma panorâmica privilegiada.

As praias

Las Palmas de Gran Canaria é uma das poucas cidades-capitais de Espanha que contam com Quilómetros de praia. Além disso unem-se as excelentes condições climatéricas da Ilha, que permitem o seu uso ao longo de todo o ano.

A principal e mais turística é a praia de Las Canteras: três Quilómetros de areia dourada junto com outros tantos Quilómetros de passeio, no qual se oferece todo o tipo de serviços: hotéis, restaurantes, bares e esplanadas. Ao pôr-do-sol a praia converte-se no melhor lugar de encontro para aqueles que queiram praticar desportos ou dar um relaxante passeio.

A Baía de El Confital abre-se aos pés das montanhas como prolongação do mar. Neste lugar o sol era aproveitado para evaporar os charcos nos quais assentavam umas salinas. Na sua costa aparece a melhor onda direita da Europa para a prática de surf.

A Praia de Las Alcaravaneras está situada no centro da cidade junto à Marina Desportiva. Com cerca de 1.000 metros de areia dourada, está protegida pelos dois clubes náuticos da cidade. Ao abrigo dos cais do Puerto de La Luz, esta praia é o lugar adequado para a prática de desportos náuticos, sobretudo, vela.

Por último, a Praia de La Laja encontra-se situada na saída da cidade para o sul da ilha. É uma praia de areia preta que conta com um agradável passeio marítimo e um dique de protecção contra a ondulação. É uma zona que reúne condições excelentes para a prática de surf e pesca.

De compras

Las Palmas de Gran Canaria tem 4 grandes centros comerciais: Las Arenas, la Ballena, 7 Palmas e El Muelle, além das zonas comerciais de Triana e Mesa e López onde existem estabelecimentos comerciais e centros de lazer e serviços que abrem as suas portas para que se possa eleger entre uma ampla oferta de produtos e preços. Além disso na zona de Santa Catalina destaca-se o pequeno comércio especializado em  imagem e som.

Além disso se se quiser adquirir produtos tradicionais e da terra a cidade tem 4 mercados situados em Vegueta, no Porto, em Alcaravaneras e em Altavista. Aqueles que prefiram o artesanato  podem ir ao mercado que se celebra aos domingos em Vegueta, ao conjunto do Povo Canário ou à tenda da FEDAC em Triana.

Outra das opções é o mercado de antiguidades que se celebra no primeiro domingo de cada mês no Parque Santa Catalina.

Gastronomia

En Las Palmas de Gran Canaria é possível saborear uma grande oferta de pratos típicos que fazem parte da gastronomia canária, desde o sancocho, formado por um peixe chamado cherne, até diversos pratos de carne, a eleger entre carajacas acompanhadas de batatas enrugadas com molho, carne de porco, coelho em adubado, perna de porco, roupa velha ou carne de cabra.

Não vá da cidade sem ter provado algum destes pratos típicos nem tão-pouco sem saborear a sua pastelaria e doçaria, provenientes das vilas do interior da Ilha como é o caso dos suspiros de Moya, o bienmesabe de Tejeda ou os apetitosos doces que elaboram as freiras do Císter de Teror.

Em Las Palmas de Gran Canaria também é muito habitual o ‘taperío’, que são os populares aperitivos. As zonas de Vegueta, Triana, el Puerto ou Tafira são habituais para saborear algumas tapas ao ar livre acompanhadas de vinho da terra, em pequenas esplanadas.

Patronato de Turismo de Gran Canaria. Todos los derechos reservados.
Marco Legal