Gran Canaria
GranCanaria.com El Tiempo Hoy Home

A Ilha

 

Descobre Mogán

Para chegar a Mogán, o visitante deve apanhar a auto-estrada desde a capital e que continua, contornando a costa, até à entrada de Arguinegín. Se pretender chegar até ao casco da vila, o trecho final da estrada a percorrer será interior e com um maior número de curvas. A duração do trajecto de carro desde a capital até ao casco de Mogán,  é de aproximadamente uma hora e um quarto. Se optar por utilizar o transporte público, desde a Estação de Ónibus de Las Palmas de Gran Canaria a linha 91 passa a cada hora, em trajectos de 50 minutos, até à Praia del Cura.

Outras linhas como a 32 e 01, comunicam as zonas turísticas de Arguineguín, Puerto Rico e Cais de Mogán, com a capital e a Praia do Inglês, cada 20 minutos aproximadamente. Finalmente, para chegar ao casco de Mogán e à Aldea de San Nicolás, a linha 84 e a 38, respectivamente.

O município de Mogán é eminentemente turístico, pelo que as visitas mais frequentes realizam-se às praias que se estendem na sua costa e que actualmente se configuraram como seis urbanizações turísticas: Arguineguín-Patalavaca, Anfi del Mar, Puerto Rico – Amadores, Tauro – Praia del Cura, Taurito e Cais de Mogán. Em todas elas destacam instalações hoteleiras e restaurantes que rodeiam com avenidas e passeios a cada uma das praias.

O Cais de Mogán,  com praia de areia preta, é um bairro marítimo que pela sua singular situação e beleza natural, deu origem a uma das urbanizações mais bonitas das Canárias.  A sua marina desportiva, ponto de encontro de numerosos entusiastas da náutica internacional, dispõe de 225 atracadouros, com o seu óptimo ambiente marinheiro, fazendo do Porto de Mogán, um lugar inesquecível.

Se optar por uma visita cultural, é recomendável um passeio pelas ruas do casco, onde se pode contemplar a Igreja de Santo António, erigida em 1814. Nela pode-se admirar um belo artesoado de madeira trabalhada, assim como as imagens de Santo António de Pádua e da Imaculada Concepção.

A paisagem natural de Mogán bem merece outra visita. Deste modo, o Maciço do Sudoeste é um espaço de grande interesse geomorfológico e botânico, assim como de singulares valores paisagísticos e arqueológicos. Nesta zona é possível apreciar amplas extensões de tabaibais, plantas endémicas da Ilha. O Barranco de Veneguera começa aos pés da espectacular formação rochosa de Los Azulejos, uma grandiosa parede de rochas cujas cores vão desde o vermelho escuro até ao azul, passando por vários tons amarelos.

Na zona alta, o Parque Natural de Ojeda, Inagua e Pajonales abrangem um importante conjunto de pinheiros. A zona é ideal para percorrer a pé através dos seus sendeiros.  Desde Arguineguín, e através duma estrada íngreme e curvilínea, é possível chegar à Barragem de Soria,  a maior represa da Ilha que se converteu num grande lago verde rodeado de palmeiras. Nos Barrancos de Toscas, Puerto Rico, Tauro e Taurito encontram-se interessantes rotas para a caminhada.

As praias

A costa do município de Mogán é eminentemente escarpada, embora na foz dos seus numerosos barrancos, situam-se várias das principais praias da Ilha. Arguineguín, vila e porto de pescadores por excelência, é o maior assentamento populacional do município.

A Praia de Patalavaca, pela sua parte situada entre Arguineguín e a Praia da Verga, oferece uma importante infra-estrutura hoteleira, com hotéis e apartamentos de várias categorias, todos em primeira linha na praia. Se continuar a contornar a costa encontramo-nos com a urbanização de Anfi do Mar, que possui uma praia de águas tranquilas, um pontão para embarcações desportivas e luxuosas instalações exploradas sob o regime de time-sharing.

A Praia de Puerto Rico está situada na maior urbanização turística de Mogán. A sua marina desportiva tem capacidade para embarcações de recreio e iates de luxo. Conta com uma magnífica Escola de Vela, de prestígio internacional, berço de várias medalhas de ouro nas competições olímpicas, e na qual se oferece a possibilidade de receber cursos oficiais a todos os níveis.

Um passeio marítimo de cerca de um quilómetro separa Puerto Rico da Praia de Amadores. Esta nova praia de areia branca, conta com uma zona comercial rodeada de jardins. A poucos metros de Amadores, encontra-se a Praia de Tauro, praia natural e pouco povoada, um lugar ideal para apanhar sol, longe do bulício. Os seus terrenos que foram ocupados por plantações agrícolas e de frutas tropicais outrora, converteram-se num projecto ambicioso, que contará com luxuosas urbanizações, lagos artificiais e amplas zonas verdes. Junto a Tauro, a Praia do Cura oferece ao visitante uma ampla oferta de hotéis e apartamentos, e um pequeno centro comercial, situado muito perto do mar. A sua praia de areia preta e as suas enseadas, constituem o lugar perfeito para os aficionados da pesca com cana. A Praia de Los Frailes, a Praia de Medio Almud e a Praia de Tiritaña, formam parte do território virgem que conserva o município.

Acede-se a estes lugares através de caminhos de terra, deixando o carro na estrada principal. Posteriormente, encontramos a Praia de Taurito, de areia fina e bem resguardada dos ventos graças às altas muralhas rochosas, que coroam o vale. Nela é possível visitar um grande lago artificial, de água do mar, rodeado de amplas zonas verdes e desportivas.

Na Costa de Mogán, a pesca de altura merece uma menção muito especial, já que há aproximadamente 20 anos, data em que começaram a inscrever-se todas as capturas na Associação Internacional de Pesca (IGFA), nos Portos de Puerto Rico e Porto de Mogán, conseguiram-se 87 recordes do mundo.

De compras

Também há tempo para usufruir do lazer, da diversão e das compras em Mogán. Para isso, nada melhor que levantar-se cedo e apanhar um dos ónibus que desde Puerto Rico, saem às terças-feiras, para o mercado de Arguineguín; frutas e legumes frescos, roupa barata, etc. Às sextas-feiras, é a vez de ir ao Porto de Mogán. Este lugar de natureza agradável, acorda antes do amanhecer, com o vai e vem das pessoas, para ir acolhendo, durante toda a manhã e até às duas da tarde, um grande número de visitantes, que percorreram cada uma das diferentes bancas à procura de uma boa oportunidade.

Gastronomia

Em Mogán é habitual aproximar ao seu Porto para saborear o peixe fresco da zona, principalmente o atum grelhado, ou as populares sopas de peixe, as lapas suadas com molho verde e o peixe de beringelas.

Estes pratos típicos convivem com a tradicional cozinha islenha na qual predomina as batatas arrugadas com molho, o sancocho, a carne de cabra e a roupa velha. Para as sobremesas, nada melhor que a digestiva papaia com laranja, as mangas ou cherimólias, que são as frutas que se cultivam na zona.

Patronato de Turismo de Gran Canaria. Todos los derechos reservados.
Marco Legal