Gran Canaria
GranCanaria.com El Tiempo Hoy Home

Cultura

 

Produtos Artesanais

O Gofio

Os orígens do gofío se remontam a época dos aborígens. Elaborado a partir do trigo ou milho moido, há constituido durante centos de anos, a base da alimentação dos canarios.

A utilidade do gofio na cozinha canaria pode dizer-se que é enorme, desde o gofio no café com leite ou no potaje até as receitas mais elaboradas como o “escaldón de gofio”, o gofio amassado ou as receitas mais inovadoras da cozinha canaria como o mouse de gofio ou pudim de gofio.

Molhos y Temperos

São molhos elaborados com uma base de alho, sal, azeite, vinagre e especiarias, que se utilizão como acompanhamento da maioría dos pratos canarios, especialmente em aqueles com gostos suaves ou pouco sabor.

Dentro dos molhos destacam o molho vermelho, que se emprega principalmente com as carnes e as “papas arrugadas” e o molho verde, mais empregado com os peixe; embora existam uma grande variedade de molhos cuja diferença consiste básicamente nas ervas ou especiarias que se lhe acrecentam.

Os temperos são uns malhados que se utilizam para dar sabor e cozinar tudo tipo de carnes ou peixe.

Os Enchidos

Tradicionalmente se elaboram nas casas para o consumo própio, na época da matança.

Esta tradição, ja praticamente extinguida, há dado passo a comercialização duma série de produtos produzidos por pequenas indústrias familiares, que continúam utilizando as antigas receitas.

Entre eles destaca a morçelas doce do país e o chouriço de Teror, na suas diferentes variedades (branco e vermelho) as quais se usa principalmente para barrar.

Doces

A pastelaria de Gran Canaria é muito variada, destacando o Bienmesabe, elaborado a base de amêndoas, os maçapão das cumes da ilha ou pão-de-ló e suspiros de Moya.

Existem alguns doces deliciosos, ligados tradicionalmente a época do Natal, embora seja possível saborear-lhos em qualquer época do ano como são as silhós de doce de chila ou batata-doce.

Queijos

A produção de queijos em Gran Canaria é muito amplia, existendo muita variedade e sabores segundo a zona da ilha.

Sua elaboração produze-se tanto do feitio artesanal como industrial, com leite de cabra, vaca, ovelha ou com mistura de varios tipos de leite e as características climatica de cada zona dão-lhe um gosto particular aos queijos.

Por zonas existem quatro grandes grupos de produção de queijos em Gran Canaria: os queijos do sul, os queijos das cumes da montanhas e medianias do sul e este insular; os queijos do norte e os queijos de medianias do centro da ilha.

Destaca especialmente os Queijos de Flor de Guía, cuja curiosidade esta na utilização dum coalho procedente da flor do cardo para sua elaboração.

Sua comercialização vai desde os queijos frescos, de gostos suave e que devem ser consumidos em poucos dias; os semi-curados, aqueles com textura maitegosa, até os curados, que são uns queijos com um forte sabor e algo picante.

Vinhos e Licores

Na ilha de Gran Canaria existem vinhos de excelente qualidade, ideais para acompanhar qualquer refeição. Estos vinhos se incluiem dentro de duas regiões demarcada, as quais são: “Monte Lentiscal”e de “Gran Canaria”.

Os vinhos com demarcação do “Monte Lentiscal” procedem, como seu própio nome indica, da zona do Monte Lentiscal, no interior da ilha e produzem vinhos jovens, tintos e brancos, afrutados e muito aromaticos. Por outro lado os vinhos com a demarcação “Gran Canaria” se produzem em varias zonas do ámbito insular a excepção da zona do Monte Lentiscal e sua variedade incluie tanto os tintos como os brancos, tratando-se em geral, de vinhos jovens com sabores afrutados.

Além dos vinhos, em Gran Canaria existe uma grande tradição na elaboração artesanal de licores, especialmente do “Rum”, cuja elaboração tuvo lugar a partir da introdução do cultivo de cana-de-açúcar na ilha, e que há passado a formar parte integrante de nossa cultura.

Hoje a produção do Rum se há industrializado e se há criado novos produtos de elaboração própia, como licores de cacau, avelãs ou café e cremes com a de banana ou de Rum-Mel, que hão tido um grande sucesso.

Produtos Artesanais

 

O Gofio

Os orígens do gofío se remontam a época dos aborígens.

Elaborado a partir do trigo ou milho moido, há constituido durante centos de anos, a base da alimentação dos canarios.

A utilidade do gofio na cozinha canaria pode dizer-se que é enorme, desde o gofio no café com leite ou no potaje até as receitas mais elaboradas como o “escaldón de gofio”, o gofio amassado ou as receitas mais inovadoras da cozinha canaria como o mouse de gofio ou pudim de gofio.        

 

 

 

Molhos y Temperos

São molhos elaborados com uma base de alho, sal, azeite, vinagre e especiarias, que se utilizão como acompanhamento da maioría dos pratos canarios, especialmente em aqueles com gostos suaves ou pouco sabor.

Dentro dos molhos destacam o molho vermelho, que se emprega principalmente com as carnes e as “papas arrugadas” e o molho verde, mais empregado com os peixe; embora existam uma grande variedade de molhos cuja diferença consiste básicamente nas ervas ou especiarias que se lhe acrecentam.

Os temperos são uns malhados que se utilizam para dar sabor e cozinar tudo tipo de carnes ou peixe.

 

Os Enchidos

Tradicionalmente se elaboram nas casas para o consumo própio, na época da matança.

Esta tradição, ja praticamente extinguida, há dado passo a comercialização duma série de produtos produzidos por pequenas indústrias familiares, que continúam utilizando as antigas receitas.

Entre eles destaca a morçelas doce do país e o chouriço de Teror, na suas diferentes variedades (branco e vermelho) as  quais  se usa principalmente para barrar.

 

Doces

A pastelaria de Gran Canaria é muito variada, destacando o Bienmesabe, elaborado a base de amêndoas, os maçapão das cumes da ilha ou pão-de-ló e suspiros de Moya.

Existem alguns doces deliciosos, ligados tradicionalmente a época do Natal, embora seja possível saborear-lhos em qualquer época do ano como são as silhós de doce de chila ou batata-doce.

 

 

Queijos

A produção de queijos em Gran Canaria é muito amplia, existendo muita variedade e sabores segundo a zona da ilha.

Sua elaboração produze-se tanto do feitio artesanal como industrial, com leite de cabra, vaca, ovelha ou com mistura de varios tipos de leite e as características climatica de cada zona dão-lhe um gosto particular aos queijos.

Por zonas existem quatro grandes grupos de produção de queijos em Gran Canaria: os queijos do sul, os queijos das cumes da montanhas e medianias do sul e este insular; os queijos do norte e os queijos de medianias do centro da ilha.

Destaca especialmente os Queijos de Flor de Guía, cuja curiosidade esta na utilização dum coalho procedente da flor do cardo para sua elaboração.

Sua comercialização vai desde os queijos frescos, de gostos suave e que devem ser consumidos em poucos dias; os semi-curados, aqueles com textura maitegosa, até os curados, que são uns queijos com um forte sabor e algo picante.

 

Vinhos e Licores

Na ilha de Gran Canaria existem vinhos de excelente qualidade, ideais para acompanhar qualquer refeição.

Estos vinhos se incluiem dentro de duas regiões demarcada, as quais são: “Monte Lentiscal”e de “Gran Canaria”.

Os vinhos com demarcação do “Monte Lentiscal” procedem, como seu própio nome indica, da zona do Monte Lentiscal, no interior da ilha e produzem vinhos jovens, tintos e brancos, afrutados e muito aromaticos. Por outro lado os vinhos com a demarcação “Gran Canaria” se produzem em varias zonas do ámbito insular a excepção da zona do Monte Lentiscal e sua variedade incluie tanto os tintos como os brancos, tratando-se  em geral, de vinhos jovens com sabores afrutados.

Além dos vinhos, em Gran Canaria existe uma grande tradição na elaboração artesanal de licores, especialmente do “Rum”, cuja elaboração tuvo lugar a partir da introdução do cultivo de cana-de-açúcar na ilha, e que há passado a formar parte integrante de nossa cultura.

Hoje a produção do Rum se há industrializado e se há criado novos produtos de elaboração própia, como licores de cacau, avelãs ou café e cremes com a de banana ou de Rum-Mel, que hão tido um grande sucesso.

 

Patronato de Turismo de Gran Canaria. Todos los derechos reservados.
Marco Legal