Gran Canaria
Gran Canaria
Já estou aqui

San Bartolomé de Tirajana

San Bartolomé de Tirajana

San Bartolomé de Tirajana está situado a 54 quilómetros da capital Las Palmas de Gran Canaria. É o município mais extenso da ilha. As suas paisagens de montanha alternam com profundos barrancos e desdobram-se até às belas praias do seu litoral.

O município de San Bartolomé de Tirajana alia o turismo de praia com o de montanha. Da costa à área mais elevada de San Bartolomé são 40 quilómetros. No antigo centro da localidade, conhecido como Tunte, ergue-se a Igreja de San Bartolomé de Tirajana, consagrada em 1922. Esta Igreja apresenta uma planta basilical que se divide em três naves, das quais se destaca a central por ser a mais alta. É nela que se encontra o Retábulo Maior, uma obra realizada em 1922 pelo mestre Lino Feo Ramos. O nicho central do Retábulo alberga a imagem de San Bartolomé, adquirida entre 1783 e 1787.

Mas o interesse turístico do município está centrando, principalmente, na costa, mais concretamente na zona de Maspalomas, onde estão situadas as Dunas, o Palmeiral e o Açude de Maspalomas, classificados como Reserva Natural Especial desde 1994, um conjunto com um valor singular ao nível da geomorfologia, paisagem, fauna e flora, único no Arquipélago das Canárias.

O campo das dunas, uma grande massa de areia dourada que se distribui em formas irregulares, ocupa uma superfície de quatro quilómetros quadrados e é a antecâmara de uma praia que se estende por 5,6 quilómetros de comprimento, esta praia tem o nome de Praia do Inglês e de Maspalomas. 

Também na costa, e no princípio da Praia de Maspalomas, no ângulo oeste, situa-se o Farol de Maspalomas, com 60 metros de altura. O projecto desta obra deve-se a Juan León y Castillo.

As principais urbanizações turísticas que se espalham pelo litoral de San Bartolomé de Tirajana integram centenas de estabelecimentos hoteleiros, com uma interessante e ampla oferta de centros de Spa & Wellness, aos quais se juntam enormes centros comerciais, um grande centro de congressos e convenções multiusos com uma área de 14.000 metros quadrados, dois campos de golfe, zonas de lazer e parques temáticos abertos todos os dias do ano. San Agustín, a Praia do Inglês, Maspalomas e Meloneras oferecem ao visitante quilómetros de animados passeios marítimos, que permitem avistar magníficas paisagens e esplendorosos pores-do-sol. Para complementar este percurso, o visitante pode visitar a jazida arqueológica de Punta Mujeres, uma jóia arquitectónica com mais de mil anos relacionada com a arquitectura doméstica dos antigos povoadores da ilha, os canários.

A zona de meia altura e de cume é bastante acidentada, com impressionantes barrancos como os de Tirajana e de Arguineguín, que marcam a fronteira municipal dos lados leste e oeste. Encontramos também os barrancos de Fataga, Los Vicentes, La Data, ou o Barranco de Chamoriscan, que vão ter a Maspalomas.

A capital do município chama-se “Tunte”, um topónimo que remonta à fundação de uma povoação aborígene com o mesmo nome, onde se instalaram, após a conquista, diversos povoadores de origem hispânica.

 Tunte situa-se aos pés dos Morros del Pinar e junto ao leito do barranco de Tirajana, a 890m de altitude. Graças a esta posição privilegiada em pleno centro da Caldeira de Tirajana, Tunte é o centro nevrálgico das comunicações entre o norte e o sul da Gran Canaria. Gaba-se, justificadamente, de ser um lugar ideal para a prática da caminhada. No seu centro urbano, brota uma mistura de diversos estilos arquitectónicos que evidenciam a sua história. Um dos edifícios mais emblemáticos e tradicionais é a Igreja de San Bartolomé. Para obter mais informações turísticas sobre San Bartolomé de Tirajana, visite os postos de Turismo do município.

FacebookYouTubeTwitterInstagram

Espacios Arqueológicos: Necrópolis de Arteara

Audioguía San Bartolomé de Tirajana

Mais informações

Os cookies permitem-lhe oferecer um melhor conteúdo. Ao utilizar os nossos serviços aceita a sua utilização. Se continuar a navegar, entendemos que aceita a sua utilização.